21/01/2020 às 17h32min - Atualizada em 22/01/2020 às 11h07min

Cai um mito: pensar em português ajuda a aprender inglês

Estudos mostram que usar a língua materna como base melhora a aprendizagem de um novo idioma

DINO
http://www.inglessemneura.com.br
Mito

Para muitos brasileiros, aprender inglês é um desejo antigo. Porém, mesmo com a grande quantidade de cursos de idiomas espalhados pelo país, apenas 5% da população brasileira sabe se comunicar em inglês, conforme pesquisa realizada pela British Council - o equivalente a 10,5 milhões de pessoas. O que poucos sabem é que um fator pode ajudar a aumentar o número de fluentes no idioma: utilizar a língua materna como base para se tornar bilíngue.

O professor de Letras e especialista em Linguística Jorge Henrique, um dos especialistas mais influentes no Instagram, é categórico ao afirmar que pensar em português enquanto se fala inglês é completamente normal, sendo importante para o domínio da nova língua:

“O idioma materno vai se manifestar sempre que uma segunda língua se tornar dominante no cérebro e, quando colocados juntos no processo de comunicação, mais chances de se tornar bilíngue você terá.”, explica.

De acordo com o criador do método inglês sem neura, existem diversos autores de estudos linguísticos que consideram benéfico o uso da língua materna (LM) no aprendizado. O sociólogo alemão Erich Auerbach afirmava que a utilização do idioma nativo reduz o choque cultural do aluno ao conhecer uma nova língua, além de reduzir as barreiras afetivas e auxiliar na superação das dificuldades de aprendizagem, seja do vocabulário ou das estruturas.

“Ao estudar inglês usando gatilhos mentais em português para facilitar a memorização, o aluno se sente mais confortável e, gradativamente, se familiariza com o uso coerente da língua inglesa.”, enfatiza o professor.

No curso online fundado pelo professor, o Inglês Sem Neura, essa abordagem de ensino é peça-chave da sua metodologia, que busca desconstruir a ideia comum do inglês perfeito, estimulando gatilhos mentais capazes de incentivar o aluno a praticar a fala e escrita sem medo de errar.

“Não existe habilidade de fala e fluência sem erros. É necessário se permitir falar sempre e sem medos. A linguagem existe para ser uma facilitadora na construção de novas relações e nunca um obstáculo. Nossa língua materna nos faz únicos porque carrega em si nossa identidade cultural e é isso que nos deixa confortáveis e nos permite fluir e aprender qualquer idioma  com leveza e sem neuras. “


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »

O que você Acha Governo Jair Bolsonaro

0%
0%
100.0%
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp